Total de visualizações de página

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Scarecrow - Scarecrow (2019)

Volta e meia conheço diversas bandas Russas e dificilmente me decepciono, e essa faz parte do rol das que me surpreenderam positivamente logo de cara. O Scarecrow apesar de ter como maior influência o som setentista, como por exemplo o Black Sabbath e em certos momentos até o Rush do primeiro álbum, principalmente por conta das modulações vocais da vocalista em determinados momentos do álbum, em nenhum momento remete diretamente a alguma banda ou uma cópia descarada; Fora isso, ao longo da audição podemos perceber tanto influencias de Blues, Folk e até mesmo nuances de Prog mas de uma forma bem tênue que se faz presente tanto nas composições como nos demais instrumentos utilizados como gaita, flauta pan, orquestrações etc. Recomendado!







Formação:

Artemis - Vocal;
Elija - Baixo;
Vadim - Bateria;
Den - Guitarra;







                                                                              Download





   

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Duel - Valley of shadows (2019)

Essa é a primeira vez que posto uma banda desse estilo, mas é mais que merecido pois nesse terceiro e novo álbum os Texanos do Duel, a banda mostrou que tem muito gabarito e personalidade para tal. Apesar de rotulados como "Stoner/doom" o som da banda transcende bem mais do que isso, onde vai desde o Psych 60`s ao classic rock 70`s onde há traços de bandas como The Animals, Thin Lizzy, Motorhead e até Danzig; Ouçam e comprovem!







Formação:

Shaun Avants - Baixo/vocal;
Tom Frank - Guitarra/vocal;
Derek Halfmann - Guitarra;
JD Shadowz - Bateria;






                                                                                 Download






quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Jutro - Dobro jutro (1977)

Original da Eslovênia, antiga Yoguslávia, Jutro faz um som gostoso de se ouvir e de certa forma até com boas doses de originalidade. Misturam tanto elementos de Jazz fusion bem como flertam em alguns momentos com o rock setentista e até o Pop do leste europeu; Apesar de ter havido algumas críticas negativas por parte de alguns ouvintes mais fervorosos do Jazz fusion yugoslavo puro, considero um trabalho excelente e com músicos de alto gabarito...ouçam e comprovem!






Formação:

Zoran Crnkovic - Guitarra/baixo/vocal;
Pavle Ristic - Bateria;
Miro Tomassini - Baixo;
Jordan Gancev - Teclados/voz;
Lado Jaksa - Saxofone/órgão;






                                                                                 Download






terça-feira, 13 de agosto de 2019

Le Duc Factory - Breaking ground (2017)

Sempre tenho um grande prazer quando posto aqui no blog algum álbum de banda que diretamente não consigo associar a nenhuma outra e que possuem um estilo bem peculiar, e é justamente o caso dessa inventiva banda Francesa da cidade de Lille. O som do Le Duc Factory  remete tanto à bandas como Antique Seeking Nuns, que inclusive já há um post nesse blog, como bandas mais do circuito alternativo como o Janis Addiction; Como se não bastasse ainda nesse caldeirão adicionam doses generosas de Cantebury, Psych e Jazz fusion, mas de uma maneira natural e muito madura em se tratando de uma banda relativamente nova. Destaque para todos os membros e especialmente para o seguro e excelente baixista e o sensacional guitarrista, que é de um estilo próprio e criatividade à toda prova....recomendadíssimo!






Formação:

                 Requin - Guitarra/vocal;
                 Tigre - Guitarra;
                 Scorpion - Baixo;
                 Raptor - Bateria;





                                                                                 Download



                                                                                       
                                                                                     

terça-feira, 16 de julho de 2019

Lloyd - Black haze (2019)

Eis que hoje posto esse trio dos sensacionais irmãos Parisienses do Lloyd, que lançaram agora em 2019 esse espetacular debut. O som da banda é de uma musicalidade riquíssima e de belas e tocantes canções; Apesar da maioria das músicas serem cadenciadas, de maneira alguma tornam - se enjoativas ou mesmo monótonas, pois sabem magistralmente variar a harmonia de uma maneira bem natural. Como influências e sonoridades posso arriscar dizer que tem boas doses de bandas como Pink Floyd, The Alan Parsons Project, Supertramp bem como nuances de músicas étnicas e até mesmo do Pop rock 80`s. É o tipo de álbum que você ama desde a primeira ouvida....recomendadíssimo!






Formação:

Alexis Lloyd - Vocal/Guitarra;
Loris Lloyd - Teclados;
Antoine Lloyd - Bateria;


                                                                                     


                                                                                 Download

                                                                                 


                                                                                       

                                                                                       

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Valley of the Sun - Old Gods (2019)

Valley of the Sun  é uma banda Americana de stoner  que já tem quatro álbuns lançados, e no caso esse é obviamente o último. Apesar da da rotulação de estilo, a sonoridade desse álbum é muito mais ampla pois transita tanto na pegada de bandas como o Kyuss bem como mesclando partes onde podemos notar pitadas de psicodelia e até mesmo progressivas. Ouvintes que gostam desse estilo e que curtem um som pesado mas também viajante certamente irão apreciar!






Formação:

Ryan Ferrier - Guitarra/vocal;
Josh Pilot - Guitarra;
Chris Sweeney - Baixo;
Aaron Boyer - Bateria;





                                                                                  download




                                                                                   

sexta-feira, 24 de maio de 2019

Gin Lady - Tall sun crooked moon (2019)

Na maioria das vezes o término de alguma banda que gostamos independente do estilo, causa nos fans uma grande perda e tristeza; Mas em alguns casos geram excelentes frutos como aconteceu com os Suecos do Gin Lady Das cinzas do sensacional Black Bonzo que fazia um heavy prog de altíssimo nível, eis que surge essa banda que apesar de também ter uma orientação calcada nos 70`s, tem a sonoridade mais voltada para o classic rock, o southern rock e o blues respectivamente; As músicas tem melodias e climas diferenciados bem como referências à várias bandas e estilos. São o tipo de banda que faz um som honesto sem se preocupar com rótulos ou tendências rentáveis e talvez por isso todos seus cinco álbuns sejam sensacionais! vale a pena conferir.







Formação:

Magnus Kärnebro - Vocal
Joakim Karlsson - Guitarra
Anthon Johansson - Baixo
Fredrik Normark - Bateria





                                                                                  Download