Total de visualizações de página

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Royal Philharmonic Orchestra - Plays the music of Rush (2012)

Como um magnífico presente de Papai Noel antecipado, tenho a honra de postar aqui no blog essa jóia na versão sinfônica, de músicas clássicas e eternas do Rush. Para os ''rushmaníacos'' como eu, que tenho como minha banda favorita de todos os tempos, essa será com certeza a trilha sonora desse natal.





                                                                                download

Maggie Bell - Suicide Sal (1975)

Geralmente não costumo ouvir muito bandas com vocais femininos mesmo porque são poucas as vozes que realmente chamam a minha atenção. Mas dentre as que admiro, a minha preferida é a dessa fenomenal cantora escocesa Chamada Maggie Bell. Apesar de ter um timbre bem rascante na linha Janis Joplin, não soa como um clone da mesma, além de na minha opinião cantar com bem mais técnica e com o mesmo grau de sentimento e poder da grande ''mestra'' das cantoras de rock/blues. Fora os álbuns da sua também excelente banda - Stone the Crows, que posteriormente postarei  aqui no blog, Maggie gravou mais  dois  carreira solo, que no caso esse é o segundo; Trata-se de um belíssimo e perfeito classic/blues/rock, e como se não bastasse, para torná-lo mais especial temos a participação de ninguém menos que Jimmy Page. Imperdível!










terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Fish on Friday - Airbourne (2012)

Essa banda belga , a qual posto aqui seu segundo registro, tem uma sonoridade bem peculiar; Seu som traz uma interessante mistura de crossover/pop/prog, onde tanto há traços de levadas mais pop no melhor estilo Mike and the Mechanics, como num prog mais acessível e com veia comercial, como o Alan Parsons Project e o Blackfield; Gravação e produção primorosas bem como músicas cheia de identidade fazem de ''Airbourne'' um dos grandes e singulares lançamentos de 2012. Recomendado!





Formação:

Frank Van Bogaert - Vocais/teclados;
Marty Townsend - Guitarra;
Bert Embretchs - Baixo;
Marcus Weymaere - Bateria;





                                                                                  download

Spheroe - Spheroe (1977)

Apesar de não ter tido a notoriedade devida, essa grande banda francesa tem aqui a oportunidade de ter seu nome reconhecido, pois pela qualidade do som desse álbum, não poderia ser de outra forma. No caso a sonoridade passeia nas searas da linha jazz fusion do Return to Forever e em alguns trechos, estilo bem similar ao Iceberg do álbum ''sentiments'', onde temas belíssimos e bem contruídos, com andamentos e climas diversos dão a tônica do trabalho. A banda lançou apenas dois álbuns, mas são pérolas a serem baixadas e apreciadas, como é o caso desse debut. confira!





Formação:

Perez Micheal - Guitarra;
Gerard Maimone - Teclados;
Rido Bryonne - Baixo;
Patrick Garel - Bateria;





                                                                           download

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Carlos Castañeda - A erva do diabo

Esse livro desse autor venezuelano eu particularmente  acho bem no clima do rock progressivo e lisérgico, pois trata de experiências sensoriais vividas através do tempo que o autor passou na companhia de um shaman, onde passou seus ensinamentos e ensinou a manusear e preparar a famigerada ''erva do diabo''; A própria banda Cactus Peyotes, segundo consta , retirou o nome baseado nessa obra inclusive. Um livro que cativa e envolve o leitor do início ao fim, leia e confira!





                                                                           PDF

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

It Bites - The tall ships (2008)

Essa banda inglesa é atualmente uma das mais competentes e originais da  safra dos 80`s, onde misturam desde o neo prog de bandas na linha do Pendragon, Pallas, bem como passagens com uma vertente mais pop, tipo o Yes da fase 90125, onde abusam das boas melodias e de passagens que ficam na cabeça. A banda tem cinco álbuns de estúdio e quatro ao vivo, sendo esse o penúltimo e um dos mais consistentes e maduros até agora. ótima pedida!





Formação:

John Mitchell - Guitarra/vocal;
John Beck - Teclados;
Lee Pomeroy -Baixo;
Bob Dalton - bateria;





                                                                                   download




segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Presto Ballet - Relics of the modern world (2012)

Começo esse post com uma pergunta: O tem a ver a banda de hard/heavy Metal Church com a banda prog Presto Ballet? Pois eu digo que muito, Já que o mesmo guitarrista que era responsável pelos principais e mais matadores riffs do Metal Church é o mesmo que põe os solos e timbres maravilhosos desse espetacular álbum e seu nome é Kurdt Vanderhoof. Com 04 álbuns já lançados, esse é sem dúvida o melhor e o mais maduro na minha opinião, com músicas cheias de personalidade e melodias super bem feitas, bem como um total entrosamento de todos os instrumentos de maneira certa e sem excessos. Destaques, fora o trabalho diversificado e belo de Kurdt, para os grandiosos e inteligentes arranjos de teclados e um vocalista com um timbre que caiu como uma luva na sonoridade desse álbum. Imperdível!






Formação:

Kurdt Vanderhoof - Guitarra;
Chuck Campbell - Vocais;
Kerry Shacklett - Teclados;
Bob Ferkovick - Baixo;
Chris G - Bateria;





                                                                           download

Balya - Balya (1994)

Esse excelente grupo de jazz instrumental brasileiro gravou esse único registro, e é capitaneado por Eduardo Neves, grande saxofonista e flautista. A banda mistura o jazz com a música brasileira em temas muito bem elaborados e de muito bom gosto, tornando o disco agradável apesar de virtuoso e com partes mais complexas; Recomendado para todos aqueles que apreciam boa música instrumental  de grupos na linha do Azymuth e Cama de Gato.





Formação:

Eduardo Neves - Saxofone/flauta;
Rafael Vernet - Piano;
Edson Menezes - Baixo;
Xande Figueiredo - Bateria;





                                                                              download